Zimbra: Renomear domínio – “O prazer e a dor”

zimbra-no-lettermark - Copy

Olá ! Recentemente precisei renomear um domínio  no Zimbra 8.6 e gostaria de compartilhar aqui a experiência adquirida.

Primeiro, a parte do prazer. Sim, esse procedimento é homologado pela Zimbra e é efetuado com o comando “zmprov -l rd dominio.com.br novodominio.com.br”.

Na prática:

  • Não de trata de uma operação de renomear, e sim a criação de um novo domínio, modificação das contas e demais registros e exclusão do domínio antigo;
  • O comando modifica todas as contas, nomes alternativos, listas de distribuição e compartilhamentos;

Agora, a parte da dor. Pelo menos até a versão 8.6 P7, a operação falha se existirem recursos criados (impressoras, datashows, salas, etc…). Portanto, o melhor procedimento seria criar um domínio temporário, modificar esses recursos e migrar após a operação ter sido efetuada. – Caso você não tenha efetuado isso antes de executar o comando, você irá ficar com dois domínios travados (shutdown), se tratando de ambientes virtuais, a melhor opção é voltar o snapshot e efetuar da maneira que citei aqui.

Como o Zimbra precisa excluir o domínio antigo após a operação ter sido efetuada, ele não pode ter apelidos. Portanto, antes do procedimento ser executado você deve excluir os apelidos (aí esses domínios ficam sem receber e-mails, portanto você precisa efetuar isso em um horário apropriado). O procedimento de renomear o domínio também não modifica o domínio padrão do ambiente, portanto, você precisa modificar após o termino do processo.

Anúncios

[Conversando] Linux, carreira e gratidão

Olá ! Esse é meu primeiro post que não possui teor técnico e não farei disso uma prática, porém, após quase 6 anos que decidi criar meu blog, muitas coisas (boas) aconteceram. Desta forma, gostaria de compartilhar essa experiência.

  • Bom, se em 2010, me dissessem onde eu estaria hoje (profissionalmente), eu mesmo não acreditaria ! Apesar de sempre ter estudado e atuado com Linux e soluções livres, no mercado de trabalho onde eu atuava eu nunca conseguia uma oportunidade de crescimento. Sei que boa parte era por naquela época ainda não ter concluído o ensino superior, mas o fato é que nunca aparecia uma oportunidade para iniciar uma carreira verdadeiramente. Entre essa “desilusão”, ouvia muitos comentários, alguns construtivos e outros não, que com Linux não havia como construir uma carreira, certa vez, um conhecido falou que “O Linux é Dom Quixote da computação”, eu não quis aprofundar a discussão, somente ouvi para refletir.
  • Decidi então começar a investir na certificação LPI e em estudos na área de segurança da informação. Mal sabia eu que isso iria mudar completamente minha carreira e vida. Ainda nos primeiros períodos da faculdade, por ter obtido a LPI 1, recebi uma chance de atuar com Linux e Softwares Livres, e o melhor, a oportunidade de se mudar para um mercado de trabalho de T.I. muito maior e aquecido. Precisamos ser gratos sempre, portanto, eu jamais poderia deixar de agradecer essa oportunidade que recebi e que me propiciou muitas conquistas, conhecimento e alegrias – especialmente  o fato de ter iniciado também uma carreira como professor, além de consultor. Mais uma vez, eu mesmo não acreditaria nisso ! Eu sempre fui muito tímido. Quem diria que dar aula seria uma das maiores paixões da minha vida !
  • Pra concluir, seis anos após ter ouvido sobre “não ter como construir uma carreira atuando com Linux”, sou um profissional especializado, certificado e mantenho esse blog (agradeço a todos que o visitam, vocês são a razão do blog existir) com muito entusiamo. Atualmente estou em uma colocação fantástica, a qual também sou especialmente grato, por atuar com pessoas e profissionais fantásticos, além do crescimento que me propicia.

Então, o que me motivou a escrever esse texto? Respondo: Me fizeram a seguinte pergunta recentemente: “Se alguém que estivesse começando na sua área, te pedisse conselhos, o que você diria?”.

Eu só posso dizer: Acredite em você ! Ame o que você faz ! Quando disserem que algo é impossível, talvez somente não querem que você vá além deles ! Você irá encontrar muita gente desiludida, que desistiu no caminho, portanto, se capacite, insista, então conquiste !

Obrigado !

Obs.: Desnecessário rebater sobre carreira e posição do Linux no mercado atual, não é mesmo? 🙂